Rankings Acadêmicos

Os rankings acadêmicos são ferramentas que permitem a comparação de instituições de ensino superior no Brasil e no mundo, podendo auxiliá-las na identificação de pontos fortes, oportunidades de aprimoramento e possibilidades de cooperação. Cada ranking segue uma metodologia própria definida por seus organizadores, utilizando-se de métricas e indicadores para avaliar as principais esferas de atuação dessas instituições a partir dos objetivos, da abrangência e do recorte do ranqueamento.

Nesse contexto, a Universidade de São Paulo participa, voluntária e involuntariamente, de diferentes rankings acadêmicos.
Clique abaixo e conheça as metodologias e as posições da USP nos principais ranqueamentos nacionais e internacionais.

O que a USP pode esperar dos rankings acadêmicos em 2022?

Por Fátima L. S. Nunes, coordenadora do Escritório de Indicadores de Desempenho Acadêmico (Egida) e professora da EACH; Raquel Assed Bezerra Segato, vice-coordenadora do Egida e professora da Forp; César Augusto Rodrigues de Albuquerque, analista do Egida e doutorando da FFLCH; e André Serradas, bibliotecário do Egida.

Os rankings acadêmicos são ferramentas que podem auxiliar as universidades a se conhecerem por meio de comparações com outras instituições. Entretanto, é importante conhecer os objetivos e as características de cada ranking e seus responsáveis, a fim de melhor identificar as oportunidades e os limites desses instrumentos em processos de avaliação e tomada de decisão. Leia mais.

A USP nos Rankings Acadêmicos: